Can You Really Buy Cialis Online Diflucan Pills Yeast Infections Cialis 5mg Prices Buy Nolvadex Pills Buy Viagra Online In Uk
Vistoria predial obrigatória no RJ

Em Março deste ano, a Prefeitura do Rio de Janeiro decretou duas leis, uma estadual e outra municipal, onde obriga a autovistoria em prédios residênciais e comerciais.

Com tantas tragédias em prédios sem manutenção, o governo exige que a autovistoria seja feita a cada cinco anos; coisa que não ficará barato para os bolsos dos moradores, que deverão arcar com os gastos que variam de R$ 1.200 a R$ 20 mil, dependendo do tipo de análise, dos testes a serem feitos, do tamanho e da idade da construção.

E claro, quem não cumprir com o mandado, uma multa simbólica que podem chegar ao valor usado para cálculo do IPTU do imóvel.

” — Não há como se antecipar. Não sabemos ainda o que vem com a regulamentação, nem o tempo que isso vai demorar” — diz Alexandre Corrêa , vice-presidente do Secovi-Rio, acrescentando que, pela lei municipal, condomínios que apresentarem problemas durante as vistorias terão prazo para resolvê-los, e depois, direito a uma nova checagem e nova avaliação. — Agora, se o prédio já tem problema conhecido, é melhor resolver logo.

” — Como as vistorias serão quinquenais, os condomínios podem se planejar para parcelar esse valor ao longo desses cinco anos” — ensina Fernando Schneider, diretor superintendente da Apsa administradora, que tem parcerias com empresas de manutenção e costuma oferecer esse tipo de serviço a seus condomínios.

” — Se é feita uma revisão a cada dois anos, o condomínio gasta menos pois se antecipa aos problemas e não chega ao extremo de ter que fazer uma obra complexa” — diz Brocchi, lembrando que muitos acidentes acontecem porque são contratados profissionais desqualificados para os serviços. — Não se pode chegar num prédio de 40, 50 anos e colocar um split no lugar de um ar condicionado de 7 mil btus ou instalar um cooktop sem a fiação correta. Tudo tem que ser devidamente adequado.

No Comment

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.