Geely, a chinesa invade o território brasileiro com força

A Geely Motors do Brasil passará a importar dois modelos para o mercado brasileiro em 2014. Em janeiro chegará o sedã médio EC7 e no segundo trimestre será a vez do subcompacto GC2. De acordo com Ivan Fonseca e Silva, presidente da empresa, os planos para lançamento da marca, que já haviam sido anunciados, começaram em 2011, mas foram adiados em razão da aplicação do IPI de 30% para veículos importados e pelo processo de homologação dos modelos por aqui.

“O EC7, que brigará com sedãs médios, deverá custar em torno de R$ 50 mil, com destaque para o interior com revestimento de couro, enquanto o GC2 ficará na faixa dos R$ 30 mil, com direção elétrica”, calcula Fonseca. O sedã é equipado com motor de alumínio de de 1,8 litro e câmbio manual de cinco marchas. Já o subcompacto traz um bloco de 1,0 litro de três cilindros. Entre os equipamentos, há ar-condicionado, trio elétrico, freios ABS e airbag duplo.

A chinesa Geely é representada pelo grupo Gandini, que também traz os modelos da Kia para o Brasil. De acordo com Fonseca, várias chinesas foram estudadas pelo grupo para serem trazidas para cá, mas a qualidade dos modelos, além do fato de a Geely ter comprado a Volvo em 2010 – o que possibilita a cooperação das marcas na fabricação de veículos no futuro – que decidiu por esta escolha. Os modelos serão montados no Uruguai e terão garantia de três anos. A previsão é que sejam comercializadas 200 unidades/mês do EC7 e 300 do GC2 nas 20 concessionárias da Geely durante o ano que vem. “Queremos fazer como os japoneses. Começar pequenos para ganhar volume com o tempo”, avalia Fonseca.

Fonte: iCarros

No Comment

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.